A fantástica fábrica de líderes
A fantástica fábrica de líderes
Posted by

A fantástica fábrica de líderes

Precisamos formar líderes verdadeiros, precisamos entender como esses seres de outro planeta aparecerão na porta da nossa empresa às 6 da manhã para nos ajudar a organizar os nossos colaboradores sem GPS.

Henry Ford que me desculpe, mas os “gargalos” empresariais não estão mais pautados na capacidade de produção em série de produtos e serviços, e sim na capacidade de produção de talentos para liderar.

Como a Ford nos ensinou no século passado, de que adianta ter uma fábrica para produzir somente para poucos? Como as outras pessoas irão se locomover? De que adianta formarmos somente um líder? Como as outras equipes irão se locomover?

Dizer que o mercado está competitivo, já ultrapassou todos os níveis de redundâncias possíveis e imagináveis. Academias vs mercado competitivo já deveria ser considerado pela gramática brasileira como um pleonasmo vicioso. Então vou fugir um pouco disso e falar que a operação dos negócios está cada vez mais complexa e, logisticamente, inteligente.

Hoje, os serviços devem entregar qualidades antes nunca exigidas para atender os clientes, que até ontem usavam sapatos para praticar atividades físicas. Um contracenso interessante que, cada vez mais, impulsiona aqueles que sabem jogar o jogo da competitividade em detrimento dos que não se atentaram para isso.

Também não é novidade dizer que a única forma de tentar se diferenciar é por meio do nível de atendimento que se é dado em todos os momentos em que o cliente tem contato com a empresa.

Isso quer dizer que: a necessidade contínua de criar processos de trabalho cada vez mais elaborados, para atender desejos que nascem quase que diariamente é o que irá manter as empresas bem posicionadas no futuro. Além disso, para construir equipes que trabalham de forma interligadas precisamos de um “amarrador” de processos, um ícone de referência, ou seja, um líder.

É Henry Ford! Quem diria que pouco anos depois de você produzir seus carros, a maior necessidade dos mercados seria a produção em escala de pessoas.

Dizem que os líderes vêm de berço, dizem que os líderes são construídos de acordo com a sua criação, dizem que os líderes são formados nas faculdades e cursos. Na verdade, muitas pessoas dizem muitas coisas. O que sei é que de onde quer que eles venham, hoje eles são raros, espécies em extinção. O mercado está cheio de supostos líderes que, na verdade. têm mais o perfil de chefe, patrão.

Essa latente necessidade abre precedente para uma bela oportunidade, não só para as empresas, mas também para os profissionais. Precisamos formar líderes verdadeiros, precisamos entender como esses seres de outro planeta aparecerão na porta da nossa empresa às 6 da manhã para nos ajudar a organizar os nossos colaboradores sem GPS.

A grande virada do mundo dos negócios seria se a Apple, a grande empresa de inovação do milênio, resolvesse produzir “i-líderes”. Com certeza, eu compraria dois: um para ajudar nas minhas tarefas diárias e na gestão das minhas equipes, e outro para deixar no estoque. Vai que o primeiro dá defeito!

Seria tão bom viver em um mundo de engrenagens humanas que conseguissem executar com perfeição os afazeres de agregador que o líder tem, mas enquanto não chegamos nesse mundo de Spielberg com pitadas de Steve Jobs, tentaremos pelo modo mais difícil. Nós mesmos teremos de produzi-los. E a parte mais interessante dessa historia é: não se engane, depois de produzi-los, provavelmente, você irá perdê-los.

Para concluir, deixo minha última reflexão, que será respondida no próximo artigo sobre essa pseudo “novela mexicana” da liderança: se precisamos construir novos líderes para coordenar as nossas equipes, e se depois de formados, eles vão embora, qual a real vantagem de fazê-lo? Como fazer para fabricar um líder fujão?

Nos vemos no próximo capítulo.

Bons negócios!

 

Alessandro Mendes é Bacharel em Marketing e Sócio Gestor e Fundador da Intarget Consultoria
E-mail: alessandro@arqueiros.com.br
www.arqueiros.com.br

Comments

0 Comentários desativados em A fantástica fábrica de líderes 1616 16 setembro, 2012 Alessandro Mendes, Liderança e Pessoal setembro 16, 2012

About the author

Thais Almeida é diretora e curadora de conteúdo deste portal.

View all articles by Administrador

Pesquisar

Parceiros

Facebook