Hay mucho que aprender los brasileños con el mercado fitness latinoamericano
Hay mucho que aprender los brasileños con el mercado fitness latinoamericano
Posted by

Hay mucho que aprender los brasileños con el mercado fitness latinoamericano

O título está em espanhol, mas o conteúdo seguirá em português. Tomo essa decisão porque a mensagem precisa chegar aos operadores do mercado de fitness nacional: o gestor brasileiro poderá enriquecer o seu arsenal de estratégias se percorrer outros países latino-americanos para ver o que nossos hermanos andam gerindo suas empresas!

Sim, somos o segundo maior mercado em números de academia no mundo. Atrás dos EUA, com suas 34.000 unidades, seguimos bem de perto o tio Sam com nossas 31.809 empresas de fitness e bem-estar. Esses números, e todos os demais que apresentarei neste texto, vêm do Global Report 2015 da IHRSA. A edição de 2016 deverá ser publicada ainda neste primeiro semestre.

E, se estamos atrás apenas dos EUA, por que deveríamos ver o que outros mercados do continente estão fazendo? Não deveríamos manter a peregrinação costumeira aos States, assombrámo-nos com suas estruturas e tecnologia e regressar ao Brasil com nossas encomendas?

Bem, ir aos Estados Unidos nunca é demais. E aproveitando a dica, coloquem no roteiro New Orleans e Memphis. Não que tenham a ver com o fitness business. Têm a ver com outros prazeres da vida.

O que o mercado de fitness latino-americano tem a compartilhar com o operador brasileiro? Vejam: somos o segundo maior mercado mundial em número de academias. Em receita geral, os 2 bilhões e 400 milhões de dólares arrecadados pelas academias brasileiras nos colocam em 10˚ lugar no mundo. Nenhum outro país do continente, salvo EUA (24,4 bilhões em 1˚) e Canadá (2,6 bilhões em 8˚), amealharam mais. Nenhum outro latino-americano.

Tamanho não é documento!

As 31.809 academias brasileiras absorvem 7.950.000 usuários. Média de 250 clientes por academia. Essa é a média de clientes por academia no Brasil, segundo o estudo da IHRSA. Vejamos os demais países latino-americanos:

mediaclientes

Sim, o Brasil tem a mesma média de clientes por academia que a Venezuela.

Apesar do volume financeiro movimento pelo nosso mercado, colocando-nos em posição de destaque no cenário mundial, o valor pro rata de cada empresa de fitness e bem-estar brasileiro está longe de dar orgulho. Os valores da primeira coluna numérica são os originais, estão em dólares e correspondem ao montante médio que cada academia auferiu no ano de 2014. Para rápido cálculo, converti em reais (cotação de US$1 = R$3,75) e dividi por 12 para registrar a média de ingresso mensal.

Esse valor é o da coluna última coluna à direita:

mediareceita

A média da receita mensal das academias brasileiras é a 7ª na América Latina, como vimos na tabela acima. E podemos até colocar parte da responsabilidade na crise financeira, governo federal, e quaisquer outros cenários difíceis pelos quais passamos. Mas, vejam: o mercado argentino, que vive há anos com uma inflação anual na casa dos 20% e moeda ainda mais desvalorizada que o real, tem quase o dobro da nossa média. O dobro!

Será o efeito das academias low-costs, a leia da oferta e demanda ou percepção de valor por parte do cliente? Talvez pelo conjunto desses e de outros motivos, o fato é que o gasto médio de cada usuário de academia no Brasil é o 8˚ entre os latino-americanos. Em média, cada cliente paga, por mês um valor de R$96, segundo o Global Report. O México, onde a rede brasileira SmartFit desembarcou com força total, tem a maior média dentre os avaliados: R$168,68.

mediagastos

Temos atuado em alguns desses países e temos levado a nossa expertise para aqueles que nos dão o voto de confiança. Mas, e assim como acontece aqui no Brasil também, tanto quanto ensinamos, aprendemos.

Há diferenças nas estruturas legais fiscais e laborais, e culturais. Mas há situações muito semelhantes também e que merecem a observação. Por isso a dica: visitem, troquem experiências, aprendam e ensinem. O idioma não pode ser uma barreira. Somos todos latino-americanos.

Por un mercado fitness latinoamericano más fuerte!

Christian Munaier é autor do livro “Gestão Consciente da Ginástica Coletiva” (Phorte Editora, 2012), sócio-consultor 4GOAL e diretor do instituto4GOAL. christian@4goal.com.br – (11)4327.2844 – (11)96456.0077

Comments

0 Comentários desativados em Hay mucho que aprender los brasileños con el mercado fitness latinoamericano 938 22 junho, 2016 Christian Munaier, Gestão de Academias junho 22, 2016

About the author

Thais Almeida é diretora e curadora de conteúdo deste portal.

View all articles by Administrador

Pesquisar

Cursos

Facebook