Atendimento em Academias: Professor, deixe de anotar pedidos e passe a transformar vidas
Atendimento em Academias: Professor, deixe de anotar pedidos e passe a transformar vidas
Posted by

Atendimento em Academias: Professor, deixe de anotar pedidos e passe a transformar vidas

Finalmente falaremos sobre um assunto que nós, profissionais de Educação Física dominamos, o atendimento.

Se há uma tarefa na academia que gostamos de fazer e que sabemos fazer com excelência é atender o cliente. Mas, será que isso é fato ou uma impressão de nossa parte?

Os números são cruéis e não mentem, hoje a taxa de retenção média nas academias no Brasil é de 48%. Isso significa que nem aquilo que fomos formados a fazer, conseguimos fazer bem, significa que estamos agindo como garçons e não como professores. Com todo respeito a profissão de garçom, a analogia é real, pois qual a função do garçom em um restaurante? Ele recebe pedidos de um cardápio pré-estabelecido e os encaminha para a cozinha que executa o prato, depois ele leva o prato para o cliente.

Essa função não condiz com a de professor, porém muitos agem como tal, apenas anotam os pedidos de seus alunos de maneira mecânica. Temos que lembrar que somos professores e que nossa função é educar, é fazer com que este cliente não só atinja seus objetivos, mas também aprenda a ter uma vida mais saudável, a criar uma rotina e a priorizar sua saúde, só assim nós realmente estaremos exercendo nossa função.

Depois da função conceituada, vamos a algumas técnicas para melhorar a retenção de clientes na academia.

Primeiramente e mais importante é melhorarmos a frequência de nossos clientes. Mas, o que a retenção tem a ver com frequência? Tudo, pois a frequência é o que fará seu aluno ter resultado e o resultado o fará renovar. Quando um cliente é frequente na academia, fica mais fácil conversar sobre renovação, ele está a par das ações e promoções da academia e ele é bem atendido todos os dias pois você o conhece, conversa com ele e este cliente tem um laço com a academia.

Agora façamos um exercício: quero que todos os professores que estiverem lendo esse artigo peguem sua carteira de clientes (aqueles que vem no seu horário) e vejam os nomes nas fichas de treino. Percebam que aqueles que não são frequentes você nem sequer lembra do rosto, é difícil associar o nome à pessoa. Quero que vocês tentem lembrar a última vez que essa pessoa veio na academia, e quanto tempo vocês conversaram com ele/a, a orientaram e perguntaram sobre seus objetivos.

Temos o costume de conversar apenas com aqueles alunos mais frequentes, pois já estabelecemos um relacionamento com eles. Porém, estes alunos geralmente são aqueles que menos precisam de sua atenção. Aqueles que não vem, que estão desmotivados, que não alcançarão seus objetivos e por consequência não irão renovar, estes nós mal sabemos o treino que estão fazendo.

Depois desse balde de água fria o que fazer? A primeira coisa é tentar resgatar os alunos que não estão vindo. Pegue sua carteira, a ficha de matrícula de cada um e ligue para eles faça contato. É importante que o professor ligue e não a consultora de vendas. Ao ligar para esse cliente, pergunte sobre seus objetivos e o motivo que o fez abandonar os treinos; é importantíssimo que você marque um horário para esse aluno vir à academia e, principalmente, que você arranje uma solução para o problema que o fez parar de treinar.

Por exemplo: se um aluno diz que não está vindo pois está sem tempo para treinar, marque um dia para ele vir até a academia e apresente uma alternativa, que pode ser um treinamento de HIIT de 30 minutos por exemplo. A partir desta solução estabeleça um compromisso para que esse cliente retome sua frequência.

Esse exemplo mostra o que um verdadeiro professor faz, cria alternativas e muda a vida das pessoas. E você quer ser um professor ou um garçom?

Bruno Hupfer é Consultor em gestão de academias e de eventos esportivos, proprietário da Hupfer consultoria, ex proprietário da Contours academia para mulheres, presidente da ONG  A.S. Quintal do Ipiranga , 4 anos coordenador de eventos na virada esportiva de São Paulo, 8 anos de experiência com gestão e consultoria de eventos esportivos públicos e privados, técnico e proprietário de assessoria esportiva. hupfer@uol.com.br

 

Comments

0 Comentários desativados em Atendimento em Academias: Professor, deixe de anotar pedidos e passe a transformar vidas 3622 11 abril, 2016 Bruno Hupfer, Marketing e Vendas abril 11, 2016

About the author

Thais Almeida é diretora e curadora de conteúdo deste portal.

View all articles by Administrador

Pesquisar

Cursos

Facebook