Avaliação física de academia e personal trainer
Avaliação física de academia e personal trainer
Posted by

Avaliação física de academia e personal trainer

 

Para quem já leu algum artigo meu já sabe que tenho uma visão um pouco diferente da avaliação física, além de todo conteúdo técnico que envolve é preciso entender que é o primeiro pós venda de um serviço, então vou começar este artigo com uma pergunta: o serviço de musculação em uma academia é o mesmo de treinar musculação com um personal trainer?

Com certeza a maioria dos leitores estão pensando: “Claro que não, são diferentes, a musculação com personal trainer é muito mais personalizada, tem mais atenção…” Exato! Então porque quando um personal trainer vai realizar a avaliação física faz tudo igual como seu aluno já fez anteriormente em academias?

O fim (entendam, objetivo principal) é o mesmo, conhecer melhor seu aluno, saber os limites, definir metas, prescrever o treino com segurança e eficiência, mas vamos separar as partes para ver como a avaliação física para o personal trainer pode ser um divisor de água e ajudar a definir se o aluno irá permanecer por um tempo curto ou realmente fidelizar, este é um momento crucial para o aluno definir a imagem que tem do professor.

Toda avaliação começa pela anamnese, e qual seria o forma de individualiza-la para seu aluno? Simples, não se limite as questões tradicionais, você pode aprofundar muito mais todas as questões começando pelo objetivo, não fique apenas no aumentar massa muscular ou diminuir a gordura, seja mais detalhista por exemplo: Quanto você pretende aumentar de massa muscular? Quais partes do corpo são mais importantes para você? Em quanto tempo você pretende ter esse resultado? É nesse momento que você pode entender claramente o que seu aluno está comprando! Ou você achou que ele comprou sua hora/aula? Ele compra resultado!!!

Seja mais específico na alimentação, não para prescrever uma dieta, mas para que possa entender qual é a real probabilidade para seu aluno alcançar aquilo que ele está comprando (não esqueça, estou falando de resultado), para um aluno de academia você pode fazer algumas recomendações e um acompanhamento bem superficial de como anda a alimentação dele, para um aluno de personal esse acompanhamento pode ser mais próximo, é preciso que ele entenda o quanto é importante ou não passar por um nutricionista, para alguns alunos talvez não seja fundamental e para outros é a única forma de alcançar seu objetivo, tenha nutricionistas parceiros para indicar para seu aluno, mostre que possui uma equipe multidisciplinar para lhe dar suporte. Detalhe sobre o histórico de peso e atividades físicas feitas anteriormente, vezes por semana, duração, intensidade.

No histórico clínico levante tudo que possa influenciar no treinamento, se for necessário entre em contato com o médico de seu aluno.

Na composição corporal, use todas informações a seu favor, ajustes as metas de acordo com a realidade do aluno e disposição para fazer o que tem de ser feito, defina estratégias com ele, explique sobre a periodização, se destaque dos demais faça diferente! Um exemplo, seu aluno quer aumentar 8 quilos de massa muscular mas falou que não pretende passar por um nutri ou melhorar muito a alimentação agora, só daqui a três meses… defina metas de acordo com esta situação, como de aumentar de 1 a 2 quilos em três meses e nos próximos três meses (quando melhorar a alimentação) aumentar mais 3 quilos  e nos meses seguintes completar a meta de 8 quilos, perceba que você apresentou uma meta segmentada e plausível, neste processo você cria um compromisso e seu aluno entende que existe um planejamento para alcançar sua meta e não apenas treinar e ver no que vai dar, isso ele faz quando treina sozinho na academia, além de aumentar as possibilidades de alcançar sua meta.

Naturalmente tem academias que conseguem fazer um acompanhamento mais próximo com os alunos, mas se torna muito complicado se falarmos de um professor que acompanha 30 alunos simultaneamente.

Até aí tudo fica muito próximo à avaliação feita para o aluno treinar na academia, talvez um pouco mais explicado, mas a grande diferença está em como irá utilizar os testes, sejam neuromotores, posturais, metabólicos ou de padrão de movimento, sim todo professor deveria usar a fundo todas as informações da avaliação mas devemos considerar que é quase impossível montar um treino aeróbio detalhado para cada aluno, até mesmo por muitos alunos não manterem um padrão de frequência e atividades, ou fazer um treino para correção postural com acompanhamento de cada execução.

Imagine a impressão do aluno se no momento da avaliação o personal trainer explicar que irá reduzir a gordura sim, mas também será feito um trabalho para diminuir a abdução das escápulas, melhorar a estabilidade do tornozelo e joelho para suportar uma sobrecarga maior e proporcionar mais resultados… Percebeu a diferença? É fundamental que o aluno entenda que existe uma razão para pagar R$900,00 por mês para um personal ao invés de R$150,00 para treinar no mesmo local, e esta razão não deve ser apenas ter alguém para colocar os pesos e por status. A avaliação é o momento chave de mostrar o seu valor.

Duas considerações importantes para entender o texto:

Primeiro, estamos em um momento complicado da economia no Brasil e cada vez mais as pessoas estão pensando mais antes de gastar seu dinheiro, se faça uma pergunta, será que meu serviço como personal trainer é tão diferente do serviço que meu aluno poderia ter pagando muito menos?

Segunda consideração, se você está pensando que na sua academia o trabalho do professor de sala é excepcional e a avaliação é extremamente aprofundada e o professor sabe usar tudo, que ótimo para você e seus alunos! Mas para o personal, voltamos a primeira consideração, ele terá que mostrar muito trabalho para justificar o investimento do aluno.

 

Ricardo Camargo é Proprietário da ELEVATOfit, MBA em Marketing e Gestão de Clientes, palestrante de cursos sobre avaliação física. http://www.elevatofit.com.br/

Comments

2 Comentários desativados em Avaliação física de academia e personal trainer 7278 02 outubro, 2015 Gestão de Academias, Ricardo Camargo outubro 2, 2015
Ricardo Camargo

About the author

Ricardo Camargo é Proprietário da ELEVATOfit, MBA em Marketing e Gestão de Clientes, palestrante de cursos sobre avaliação física.

View all articles by Ricardo Camargo

Pesquisar

Facebook