Planejamento Estratégico
Planejamento Estratégico
Posted by

Planejamento Estratégico

A organização dos coordenadores e gerentes de academias é ponto fundamental para que as estratégias gerem resultados.

Diariamente acompanhamos toneladas de novas tarefas para operacionalizar, assim como as urgências que ocorrem na estrutura (pequenos consertos e manutenção, por exemplo), nos serviços (uma aula que será modificada ou solicitação do cliente) e com as pessoas da equipe (faltas, demissões…)

Diante de todos estes pontos, sem um planejamento e gestão eficientes, muitas das coisas acabam se acumulando e, não gerando os resultados esperados.

Planejar as ações, assim como detalhar cada uma delas e, pensar em planos de contingência e acompanhamento são fundamentais para estes profissionais não se perderem no meio do caminho, à deriva.

Seguem algumas dicas para que os gestores possam organizar e realizar seus projetos com mais tranqüilidade, sem perder o foco e visão mais ampla do todo:

 1) Atente às Informações de seus Clientes Internos e Externos:

Este público dará informações preciosas quanto às ações necessárias na empresa. Esteja atento(a) e, sempre que possível, leve um pequeno caderno de notas para não deixar nada passar e cair no esquecimento.

 2) Defina as Estratégias:

Após colher dados e informações, antes da tomada de decisão, busque saber se a solução que você está propondo vai de encontro com o que o cliente precisa. Muitos dos gestores ainda insistem em criar campanhas e serviços que acreditam ser efetivos para o cliente, ao invés de procurar criar soluções que resolvam o problema já estabelecido. Resolva o problema do cliente!

 3) Trace o Planejamento:

Planejar o que vai ser feito inclui saber das ações, definir datas, prazos, orçamentos, número de pessoas e suas funções, fornecedores, patrocínios e parceiros, locais a serem utilizados, previsão do tempo (quando externo), materiais, horários (inclusive de disponibilidade de pessoas para determinados horários), plano de marketing e divulgação, estoque (se houver distribuição), logística, estimativas de custos, receitas e lucro…

Vale aqui, não se esquecer de possuir uma forma de controle de todos estes itens (caderno, planilha, agenda…)

 4) Envolva as Pessoas Certas nas Funções Certas:

Aí que se encontra uma das funções mais importantes do líder, identificar as pessoas mais indicadas para cada função. Formar equipes de projetos que estarão juntas por um período determinado ou equipes que trabalharão unidas por longo tempo em uma função.

Deve-se levar em conta o perfil comportamental, as experiências anteriores e capacidade dos mesmos em realizar determinadas funções, assim como eleger um líder que vai coordenar a operação do projeto. Lembre-se que você é só um e, vai precisar de outras pessoas para auxiliá-lo a alcançar os objetivos. Fortalecer seus colaboradores vai te ajudar a conquistar suas metas através das pessoas.

Outra dica importante é levar em conta que hoje, mais que nunca, as pessoas trabalham para si próprias, pelos seus objetivos pessoais. Se você não tem crescimento pessoal e profissional, assim como realização, não espere que as pessoas trabalhem motivadas por você.

Vale aí mapear e criar antecipadamente para cada função, uma forma ou mais formas de recompensas (tangíveis e intangíveis/psicológicas) e comemorações para o cumprimento de cada etapa. Este tipo de preocupação do líder demonstra o quanto ele está preocupado com cada detalhe e, surtirá, com certeza, melhores resultados em longo prazo.

Não se esqueça de se comunicar assertivamente, explicitar todos os objetivos, aonde se quer chegar e o que se espera de cada um. Treine cada pessoa para a função que propuser e, esteja sempre acessível e aberto para dúvidas que surjam no decorrer do percurso.

 5) Tenha Planos B, C, D…:

Lembre-se que tudo pode acontecer. Mudanças de pessoas, cancelamentos, mudanças climáticas… Planeje e anote muito bem várias alternativas, para caso a primeira exija mudanças rápidas. Seja resiliente.

 6) Crie Formas de Acompanhar e Avaliar o Progresso e Desempenhos

Crie listas, planilhas ou outras formas de avaliar o desempenho de cada envolvido em cada função que lhe atribuiu, assim como seus pontos fortes e fracos (conheça a sua equipe). É importante também avaliar o andamento do progresso das ações, assim, fica mais fácil restabelecer o rumo se necessário.

 7) Parta para a Ação

Depois deste planejamento detalhado, é hora de agir. Siga passo a passo cada etapa, boa sorte e boas realizações.

Não se esqueça do feedback sincero a cada envolvido no final (positivos e negativos, visando o crescimento mútuo) e, comemore as realizações e o dever cumprido.

Lembre-se de descrever os pontos positivos e falhas, para poder realinhar e não repeti-las nos próximos projetos.

Sucesso!

Ale Gonzaga é Professor de Educação Física com MBA em Gestão Estratégica de Pessoas e Pós Graduação em Administração e Marketing Esportivo. Gestor na área de Academias, PNL Practitioner, Coach e Analista de Perfis Comportamentais DISC.  ale.gonzaga@live.com

Comments

0 Comentários desativados em Planejamento Estratégico 3303 09 novembro, 2012 Ale Gonzaga, Gestão de Academias novembro 9, 2012

About the author

Thais Almeida é diretora e curadora de conteúdo deste portal.

View all articles by Administrador

Pesquisar

Cursos

Facebook