Entendendo o modelo Low Cost de academias
Entendendo o modelo Low Cost de academias
Posted by

Entendendo o modelo Low Cost de academias

banner escolaonline 728x90

As academias Low Cost estão invadindo a cidade?? Sim, cada vez mais surgem novas marcas, além das tradicionais empresas deste modelo de negócio. Este movimento ocorre por um único motivo: as academias Low Cost estão todos os dias colocando muitos alunos para dentro de sua academia e, sinto informar para os que não acreditam neste modelo de negócio, mesmo que a retenção destas academias seja baixa, para cada um cliente que sai da academia 2 novos entram, e vai continuar entrando novos alunos, pois lembrem-se menos de 10% da população brasileira é ativa.

O que fazer? Abrir uma Low Cost?

A resposta é evidente: depende. É um bom nicho de mercado e irá crescer muito ainda, pois possuem uma missão muito importante no Brasil: aproximar novas pessoas com a prática de atividade física. No entanto, se você tem em sua missão de vida mudar os hábitos diários das pessoas e dar resultado aos seus alunos talvez você se frustre um pouco.

Mas em termos financeiros o que fazer? O que é melhor?

Vamos a uma conta grosseira, mas bem pertinente, o que é mais fácil:

Ter uma academia com 2500 alunos pagando R$ 59,00  OU ter uma academia com 900 alunos pagando R$ 165,00????

Vai depender de sua localização, e da capacidade financeira do público da região, do tamanho da sua academia e capacidade para atender clientes, da marca e durabilidade de seus equipamentos, entre outros…mas acredite, os dois modelos possuem suas dificuldades  e são desafiadores em seu formato de negócio. Não existe fórmula milagrosa!

O segredo das vendas das academias Low Cost não está no preço

Como assim o segredo de vendas da Low Cost não está no preço? Claro, que ter um valor de R$ 59,00 de mensalidade atrai muitos e muitos clientes e assim temos um bom resultado de vendas. Mas sabe onde esta o segredo das Low Cost? Na sinceridade, ou mais tecnicamente falando, no valor percebido pelo cliente.

Explicando melhor, uma Low Cost cobra R$ 59,00 e entrega exatamente o que prometeu: uma academia com bons aparelhos, boa estrutura e um atendimento superficial. Enquanto a academia convencional promete em seu serviço uma qualidade de atendimento e resultados aos clientes. Se a academia convencional também não entrega resultados por que os clientes irão pagar mais caro?

Percebem o quanto você gestor está perdendo venda quando é passível no professor que fica a toda hora no celular, ou que chega atrasado, ou quando prescreve series de 3×15?

O segredo de vendas sempre estará no valor percebido pelo cliente.

UMA APOSTA, existe mercado para os dois tipos de negócios, mas acredite se você não fizer diferença com atendimentos de qualidade é melhor fazer um plano de negócios para virar uma Low Cost!

Rodrigo Gomes é Diretor de Projetos Saffi Consultoria, consultor empresarial com enfoque em clinicas de saúde e academias de ginástica, com experiência de atendimentos para mais de 46 empresas de todo o Brasil. Graduado em Educação Física na Universidade Federal de São Paulo e Administração de empresas na Fundação Getúlio Vargas. Ex. aluno do Mestrado em Gestão do Esporte. Ex-presidente e Fundador da Empresa Júnior da UNIFESP. rodrigo.gomes@saffi.com.br

Comments

1 Comentários desativados em Entendendo o modelo Low Cost de academias 11134 26 fevereiro, 2016 Gestão de Academias, Rodrigo Gomes fevereiro 26, 2016
Avatar

About the author

Thais Almeida é diretora e curadora de conteúdo deste portal.

View all articles by Administrador

Pesquisar

Parceiros

Cursos

Facebook